Língua Afiada
   Corrida eleitoral e outros fuxicos

Começa a corrida eleitoral aqui no Estado de Roraima. Com a máquina pública na mão e o apoio do experiente senador Romero Jucá - raposa velha da política -, a premiada prefeita Teresa Jucá parece que já começa esta corrida na frente. A prefeita conta com o apoio de muitos políticos experientes do Estado, como o deputado Airton Cascavel (PPS) e Iradilson Sampaio (PC do B), seu vice. Aliada a tudo isso tem ainda a seu favor a sua habilidade de publicitária. Ou seja, sabe trabalhar a sua imagem e da sua administração como ninguém. Por outro lado, Teresa Jucá é ajudada pela falta de organização dos demais partidos. O PT, que a princípio bradou que poderia ter candidato próprio ou que, no mínimo, buscaria fazer o vice-prefeito de Teresa não disse a que veio. Depois de tanto disse me disse, não definiu ainda a sua vida. Já o PSB, que desde o início do ano aponta a presidente da Câmara Municipal de Boa Vista, vereadora Lourdes Pinheiro, como sua candidata ao Palácio 9 de Julho, vê a parlamentar esmorecer e já admitir, inclusive, a sua desistência de concorrer no próximo pleito ao cargo de prefeita. Tudo porque os cabeças do partido, sob o velho pretexto de que a política é dinâmica, discutem nos bastidores apoio a Teresa Jucá. Ao que tudo indica, vivendo o seu quinto mandato como vereadora, Lourdes Pinheiro vai ter que adiar mais uma vez o seu sonho de administrar a capital Roraimense. Tem sido assim ao longo dos anos. Todos falam e apoiar a candidatura de Lourdinha, enchem o coração da experiente política de esperança e na hora H largam-na no meio do caminho. *************** E por falar em Teresa Jucá, causou certa surpresa e euforia em que esteve presente na convenção do PPS, no sábado (26) o beijo trocado em público pelo casal Jucá (Incentivados por correligionários e simpatizantes), Romero e Teresa Jucá trocaram um beijo em pleno palanque onde foi lançada a campanha da prefeita de Boa Vista a reeleição. A surpresa se deve ao fato de que, para a sociedade roraimense, Teresa e Romero Jucá estariam formalmente separados. Há algum tempo se falou até num suposto afair de Teresa Jucá com o ex-ministro do desenvolvimento agrário do ex-presidente FHC, Raul Jungman. Vai ver a política é dinâmica até também entre quatro paredes.

 Escrito por Luiz Valério às 18h14
[] [envie esta mensagem]


 
   Picaretagem em nome de Deus

Está cada vez maior a pilantragem de alguns pastores de determinadas pseudo-igrejas evangélicas. Outro dia, saí da escola onde dou aula de Língua Portuguesa à noite e fui para a parada de ônibus esperar a condução que me levaria até o Centro de Boa Vista. De onde estava escutei um alarido sem tamanho num templo da Igreja Universal do Reino de Deus (de que deus, ninguém sabe). Tamanho era o escândalo feito pelo pastor em nome do suposto Deus, que resolvi me aproximar. Fui até a porta da igreja e fiquei observando o comportamento dos fiéis e do "condutor de rebanho" - um verdadeiro filho da mãe.

Usando de uma oratória já surrada, ele convocava os incautos fiéis para que fossem até ele e pegassem o envelope no qual teriam que depositar quantias significativas de dinheiro até o dia 11 de julho próximo. "Vocé vai fazer um sacrifício, se quiser participar desta graça. Você vai depositar no envelope cinco mil, três mil, um mil, quinhentos, trezendos ou duzentos e sessenta reais. Você vai se desfazer de um de seus bens, se quiser participar", dizia o pastor descaracadamente.

O pior de tudo é que os fiéis se comprometiam em atender ao apelo capitalista-espiritual daquele camarada. É terrível isso, mas em pleno Século XXI ainda tem gente que acredita que se pode comprar a salvação ou um pedacinho de terra no céu. Como nesse abundam os picaretas, esse tipo de gente (geralmente pessoas sem perspectiva de vida e de futuro ou pessoas mergulhadas em problemas que não conseguem vislumbrar uma saída sozinhas) acaba sendo facilmente manipulada e extorquida por espertalhões.  



 Escrito por Luiz Valério às 17h38
[] [envie esta mensagem]


 
   Livro

Desde que comecei a trabalhar na imprensa há nove anos venho planejando escrever um romance. Ano após ano este projeto foi sendo adiado, mas acho que dessa vez é para valer: vou começar a construção do livro. Acredito que morando sozinho terei mais tempo e tranquilidade para levar o projeto adiante. Formado em letras e vivendo de escrever para o principal jornal de Roraima (Folha de Boa Vista), acho que este é o meu caminho invevitavelmente. O livro será um romance. Em dois anos vivi experiências suficientes que podem enriquecer a futura publicação. Será um misto de ficção e realidade. Comigo não daria para ser diferente. Não consigo separar a minha vida do meu trabalho nunca. Aliás, nos últimos cinco anos a minha vida tem sido o meu trabalho, que, não por coincidência é escrever. Não vou me arriscar a estipular um tempo par que o livro esteja pronto, mas ele vai ficar pronto um dia, se Deus a a minha inspiração me ajudarem.

********

 

A vida sozinho tem me dado a oportunidade de viver alguns momentos agradáveis que anteriormente não podia desfrutar. É claro que como eu era casado e, ainda por cima, sou pai de duas lindas crianças, às vezes me sinto meio irresponsável por ter saído de casa. Mas, sinceramente, acho que fiz o certo. A relação com a Terezinha, a minha quase ex-mulher e mãe dos meu dois filhos, estava ficando difícil. Por isso resolvi, depois de uma briga sem tamanho, é claro, saír de casa. Mas não pensem que saí de casa para ficar sozinho, digo, sem namorada, não. Um dos motivos da minha decisão foi uma linda mulher que surgiu em minha vida há mais de dois anos. Acho que fiz o certo, repito. Mas a certeza disso só terei com o tempo. Mas, como é próprio de meu temperamento, jamais me arrependerei das decisões que tomo. Para mim é tudo motivo de aprendizagem. Sempre.



 Escrito por Luiz Valério às 17h26
[] [envie esta mensagem]


 
   Voltei

Olá, aqui estou eu de novo escrevendo em meu blog depois de uns dias sumido. Póis é, são tantas coisas para fazer que acabei deixando este espaço desatualizado. Nunca mais havia escrito nada. Mas voltei. E com muitas novidades. Tomei uma decisão radical: resolvi morar sozinho. Quer dizer não é bem... sozinho. Tem um amigo pentelho que passou a morar comigo dois dias após eu tomar a decisão de ir morar em um dos quartos da casa onde vamos abrir a nossa pequena empresa de comunicação e marketing. Deixei algunas coisas para trás e resolvi mudar de vida. Ainda não dá para fazer uma avaliação se fiz o certo. Só sei que fiz o que o meu coração mandou. Sempre faço o que ele me manda. Às vezes me ferro, mas faço.

 Escrito por Luiz Valério às 17h12
[] [envie esta mensagem]


 
  [ ver mensagens anteriores ]  
 
 
Meu perfil
BRASIL, Norte, BOA VISTA, CENTRO, Homem, de 26 a 35 anos, Portuguese, English, Livros, Informática e Internet
AIM -


HISTÓRICO
 28/11/2004 a 04/12/2004
 21/11/2004 a 27/11/2004
 14/11/2004 a 20/11/2004
 07/11/2004 a 13/11/2004
 31/10/2004 a 06/11/2004
 17/10/2004 a 23/10/2004
 10/10/2004 a 16/10/2004
 03/10/2004 a 09/10/2004
 26/09/2004 a 02/10/2004
 19/09/2004 a 25/09/2004
 12/09/2004 a 18/09/2004
 05/09/2004 a 11/09/2004
 29/08/2004 a 04/09/2004
 22/08/2004 a 28/08/2004
 15/08/2004 a 21/08/2004
 01/08/2004 a 07/08/2004
 25/07/2004 a 31/07/2004
 18/07/2004 a 24/07/2004
 11/07/2004 a 17/07/2004
 04/07/2004 a 10/07/2004
 27/06/2004 a 03/07/2004
 20/06/2004 a 26/06/2004
 13/06/2004 a 19/06/2004
 06/06/2004 a 12/06/2004
 30/05/2004 a 05/06/2004



OUTROS SITES
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis
 Bolg do Tas
 Ziriguidum
 Blog do Léo
 Gerald Thomas
 Notícias do Rádio
 Escritura Profana
 eraOdito
 Revista Imprensa


VOTAÇÃO
 Dê uma nota para meu blog!





O que é isto?